No dia 16 de Abril é celebrado o Dia Nacional e Mundial da Voz. O objetivo da data é chamar a atenção para os cuidados com a voz. Alterações na voz, muitas vezes, podem ser indicadores de doenças ou outros problemas em nosso corpo.

Um dos problemas mais comuns é o “envelhecimento da voz”, conhecido também como presbifonia. Dentre as diversas questões levantadas sobre esse tema, algumas devem ser olhadas com mais acuro. A seguir listamos algumas delas:

O que é a presbifonia? É o padrão vocal que indica o envelhecimento natural da voz. Seu início e desenvolvimento dependem das condições gerais do individuo relacionadas à sua saúde física, condições emocionais, ambientais entre outros. Esse processo ocorre em geral a partir dos 65 anos. Um dos primeiros sintomas pode aparecer na voz cantada, em que se perde a capacidade de modulação da voz com diminuição na produção de sons agudos e redução da capacidade expiratória com diminuição da extensão vocal.
Por que e como ocorre o envelhecimento? A voz é produzida na laringe, órgão que fica no pescoço. Nesse órgão encontramos as pregas vocais, que vibram a partir da passagem do ar vindo dos pulmões e produzem nosso tom de voz. A voz é finalizada por nossos articuladores como lábios, língua, palato e nariz.
Com o passar dos anos, os músculos da laringe sofrem alterações de força e agilidade, as cartilagens endurecem e ocorre redução da lubrificação da região. Além disso, pode ocorrer atrofia das glândulas salivares com alteração da articulação por diminuição de saliva.
Nem todas as pessoas desenvolvem a presbifonia de modo acentuado. Fatores como saúde física, condições emocionais e hábitos de vida, podem interferir nesse processo.

Existem comportamentos que podem envelhecer a voz precocemente? Quais são? Sim, hábitos como gritar, falar num tom de voz que não é o seu habitual, fumo, uso de álcool, uso excessivo da voz sem aquecimento prévio, alimentação que provoca refluxo gastresofágico, baixa ingestão de água. Fatores hereditários, ambientais e psicológicos também podem interferir.
Temos como evitar o envelhecimento? O envelhecimento é inevitável, porém, há várias medidas que podemos adotar para reduzir impactos negativos nesse processo. Por exemplo:

• Beba água frequentemente;
• Evite alimentos condimentados, chocolates e excesso de leite e seus derivados;
• Diminua a ingestão de cafeína;
• Mantenha uma postura corporal adequada;
• Evite falar muito alto e em excesso;
• Evite falar em um tom de voz que não é o seu habitual
• Evite falar por muito tempo em ambientes ruidoso
• Evite a exposição excessiva ao ar condicionado;
• Opte por roupas que não apertem a região do pescoço, tórax e abdômen;
• Evite pigarrear;
• Não fume;
• Evite bebidas alcoólicas;
• Pratique exercícios de aquecimento e desaquecimento vocal.
Fonte de pesquisa: Cristiane Freitas do Amaral Sampaio, fonoaudióloga do Einstein.